“Logística Reversa no Licenciamento Ambiental”

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB) publicou a Decisão de Diretoria (DD) nº 076/2018/C. Tal instrumento apresenta os procedimentos para a incorporação da Logística Reversa no âmbito do licenciamento ambiental. A Decisão apresenta cronogramas que deverão ser seguidos pelos setores listados (incluindo pilhas, baterias e eletroeletrônicos de uso doméstico) e metas a serem alcançadas pelos sistemas de logística reversa, sejam estes individuais ou coletivos (por meio de entidades gestoras). O cumprimento das obrigações referentes à estruturação e implantação de sistemas de logística reversa poderá ser feito por adesão das empresas a um dos Termos de Compromisso de Logística Reversa (TCLR) firmados entre a Secretaria do Meio Ambiente (SMA), CETESB e representantes dos respectivos Setores Empresariais. Os novos TCLR firmados ou aditados a partir da data de publicação deste Procedimento deverão prever e atender, no mínimo, as metas definidas.

Segue Resolução SMA 45 de 23 de junho de 2015 que aprova em atendimento ao disposto no artigo 4º deste instrumento.

 

 

 

Dia 05 de dezembro no Hotel Meliá Paulista, em São Paulo SP, foi dia de festa e comemoração, Andre Saraiva, Mauricio Chiesa e Thiago Patrocínio, representando a Tamarana Tecnologia em mais uma Premiação Nacional como a Empresa Metalúrgica de maior referência em Práticas e Gestão de SST – Saúde e Segurança do Trabalho. Uma iniciativa da ABRASEG e ANIMASEG.

Todos os envolvidos estão de Parabéns !!!

 

Construindo a Sustentabilidade pela responsabilidade compartilhada

 

Em nosso próximo encontro do Clube Abraps convidamos você a discutir a Responsabilidade Ambiental Compartilhada com André Saraiva, criador desse programa - PRAC

Como um case de sustentabilidade se mantém há 16 anos na crista da onda? Venha bater um papo com o idealizador do PRAC - Programa de Responsabilidade Ambiental Compartilhada e descobrir como crescer profissionalmente através de uma ferramenta voltada para a Sustentabilidade Empresarial. Entenda os desafios de hoje versus a visão de oportunidade dentro do cenário atual e futuro

 Os Clube Abraps são encontros informais, limitados a 15 pessoas, para facilitar a interação entre os participantes. Sua inscrição garante a participação e acesso a um café da manhã servido durante a realização do evento. Fornecemos certificado digital de participação

20 de outubro de 2017

 

O seminário RECICLAGEM e VALORIZAÇÃO DE RESÍDUOS SÓLIDOS apresentará palestras sobre processos e projetos atuais de reciclagem, preservação do meio ambiente e sustentabilidade. O seminário abordará projetos de pesquisas acadêmicos, de órgãos públicos e privados, que estejam envolvidos com a utilização de materiais recicláveis em: novas aplicações, em técnicas de reciclagem, no mercado de recicláveis, no controle de resíduos sólidos, na legislação ambiental, ou seja, em temas relacionados ao Meio Ambiente, bem como com a resina virgem. O objetivo é a busca de informações recentes sobre processos e projetos de reciclagem e valorização do Meio Ambiente, com palestras de empresários, de associações, de pesquisadores e de professores da área. Todos terão a oportunidade de trocar informações e experiências.

Público alvo: Estudantes de Graduação e Pós-Graduação associações, pesquisadores, professores, empresários e consultores que atuam ou tenham interesse no assunto, prefeituras e órgãos públicos. 

Local: Anfiteatro do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola Politécnica da USP - Av. Prof. Mello Moraes, 2463 - Cidade Universitária - Butantã - São Paulo/SP (veja o mapa - https://goo.gl/maps/4564b4ns1Cw)

 

Programação Oficial

8h00 - Entrega de Material

8h30 - Abertura do Evento com o Diretor da Escola Politécnica e com o Chefe do Departamento de Eng. Metalúrgica e de Materiais - Hélio Wiebeck

SESSÃO MATUTINA

9h00 - Atuação dos Núcleos de Gestão da Prefeitura da Cidade de São Paulo - Sérgio Henrigue Forini - Diretor do Departamento de Gestão Descentralizada da Prefeitura da Cidade de São Paulo

9h30 - A Reciclagem de Plásticos no Brasil - Casos Práticos - Miguel Bahiense - Instituto Brasileiro do PVC - http://pvc.org.br/

10h00 - Revitalização de Asfaltos - Jorge Coelho - único Asfaltos - http://www.unicoasfaltos.com.br/

10h30 - Contribuição da Visafértil ao meio ambiente Ana Renata Zibordi Krajuska - Visafértil - http://visafertil.com.br/

11h00 - Processamento em Reciclagem Mecânica do Plástico - Mário Mathias - Uniflon/Steer

11h30 - Reciclagem de Isopor com Solvente não Agressivo - Suellen Signer Bartolomei - Doutoranda PMT-EPUSP

12h00 às 14h00 - Almoço Livre

SESSÃO VESPERTINA

14h00 - Reciclagem - Quando o ideal pode não ser real - Professor Pós Dr. Maurício Waldman - Pós Dr em Meio Ambiente - PNPD - Fundação CAPES

14h30 - Indicadores Socioambientais - Adriana Deróbio - Especialista em Investimento Social e Desenvolvimento Local  - Communitária Consultoria Social - http://communitaria.com.br/

15h00 - Reciclagem de Baterias Chumbo-Ácidas André Luis Saraiva - Diretor de Sustentabilidade do PRAC - Programa de Responsabilidade Ambiental Compartilhada - http://www.prac.com.br

15h30 - A importância da doação como recursos para o reúso - Gabriel Soriano- Sócio Fundador do Projeto Conecte os Pontos - http://www.conecteospontos.com.br/

16h00 - Coleta Seletiva na Cidade de Santos - Marcus Neves Fernandes - Coordenador de Políticas Ambientais - Prefeitura Municipal da Cidade de Santos

16h30 - Equipamentos e tecnologia para compostagem - Washington Onofre de Souza - Levante Automação / Dar Vida http://www.darvida.com.br/

17h00 - Debate com os Palestrantes

17h45 - Premiação dos trabalhos enviados pelos alunos e profissionais

18h30 - Encerramento do Evento com Humor - Hélio Wiebeck

Observação: Pode haver pequena alteração na programação 

ABDI publica documento sobre descarte de equipamentos eletroeletrônicos. Um dos principais problemas ambientais da atualidade é o aumento da produção, do consumo e, consequentemente, o descarte de uma quantidade cada vez maior de lixo. Como pela ótica do planeta, não existe o “jogar fora”, o grande desafio hoje é o destino correto dos resíduos sólidos.